Encontre Aqui o seu
Filhote


PARA CADASTRAR SEU
FILHOTE,BOTÃO ABAIXO.





Airedale Terrier

atividade :

inteligencia :

curiosidade :

vocalizacao :

afetuosidade :

cuidado com o pelo :

tamanho :

necessidade de exercicio :

sociavel com outos caes :


História

O Airedale Terrier pertence a uma família numerosa, composta por mais de vinte variedades de Terriers, quase todas utilizadas na caça e algumas, na luta de cães e/ou touros.

O Airedale é o maior membro desta classe. Originário da Grã-Bretanha, pouco se sabe acerca do seu aparecimento. Pensa-se que surgiu no Vale do Aire, em Yorkshire, sendo originalmente conhecido por Waterside Terrier ou por Bingley Terrier.

A sua ascendência permanece misteriosa, apesar de serem apontadas algumas raças que possivelmente estiveram na base do seu aparecimento: o já extinto Old English Black-and-Tan Terrier; o “Broken-coated Working Terrier” e o “Rough-coated Black-and-Tan Terrier”. Pensa-se que este último esteve envolvido, em 1853, no cruzamento efetuado com um Otterhound, do qual herdou a agilidade para nadar.

O Airedale Terrier foi particularmente cobiçado para a caça aos ratos, texugos e lontras, tendo-se ainda revelado um talentoso retriever de patos. Capaz de nadar, farejar e perseguir a caça, este cão tornou-se particularmente popular pela sua agilidade e rapidez de aprendizagem.

O seu desenvolvimento é normalmente situado no séc. XIX, altura na qual participou em algumas exposições regionais de canídeos, organizadas por agricultores. A primeira que ainda há memória, decorreu em 1864, e foi organizada ela Airedale Agricultural Society. Em 1886, o nome “Airedale Terrier” é aceita pelo Kennel Club da Inglaterra, mas só em 1979 é que a raça é oficialmente reconhecida. No finais do séc. XIX, iniciam-se as exportações destes exemplares para os mais variados continentes.

O anúncio do novo século, trazia consigo uma fase mais feliz para o seu desenvolvimento, apesar da instabilidade causada pela guerras mundiais que afetou a criação e selecção de estirpes, em geral.

Em 1910, a raça foi introduzida nos EUA onde obteve considerável prestígio por parte do público e, até aos finais dos anos 50, a sua popularidade ascende continuamente, ao ponto de se tornar um dos mais preferidos Terriers da sua classe.

Durante a I e II Guerras Mundiais, o Airedale revela-se muito útil aos exércitos britânico e russo, tendo actuado como mensageiro. Foi ainda extremamente cobiçado pela polícia para a patrulha das estações de caminhos-de-ferro e atuou como coletor de dinheiro para a Cruz Vermelha, bem como em operações de salvamento. Todavia, a sua experiência não termina por aqui, já que foi igualmente utilizado em África, na Índia, e no Canadá, para a caça grossa e, presentemente, como cão guia de cegos.

A sua popularidade atingiu o auge após a II Guerra Mundial, tendo sido adquirido por diversas personalidades famosas (tais como Theodore  Roosevelt). No entanto, num passado mais próximo, o seu lugar de destaque no mundo da Cinofilia foi aparentemente ocupado pelos encantadores Collie e Pastor Alemão. Ainda assim, esta é, sem dúvida, uma das mais famosas raças de Terriers do mundo, prestígio justamente atribuído se pensarmos nas tarefas polivalentes que tem vindo a assumir nas mais variadas áreas, sempre com o seu sentido de responsabilidade e lealdade.

Temperamento

O Airedale Terrier é um cão com uma personalidade forte e multifacetada. O primeiro aspecto a ter em conta, passa pela sua educação e socialização enquanto novo, já que, se for submetido a estas, provavelmente conseguirá obter uma companhia realmente completa e amiga.

Este cão é algo teimoso e deveras inteligente, e pode “boicotar” os treinos mais sérios mas, normalmente são fáceis de treinar. O ideal é que o seu dono possua alguma experiência com este tipo de personalidade e que saiba ser “dominante”, uma vez que de nada vale adotar uma postura repressiva no treino.

É aconselhável que seja bem inserido no seio familiar e que durante o seu crescimento seja continuamente socializado e educado de forma consistente. Na verdade, muitos Airedale são considerados grandes participantes nas provas de agility  e obediência.

Na sua relação com os donos, são leais, dóceis e devotos, mas podem desobedecer se não forem educados. São bons amigos das crianças e possuem uma forma de estar extrovertida e alegre, pelo que aceitam com relativa facilidade a companhia de pessoas fora do seu círculo familiar. Podem igualmente aceitar outros animais de estimação, se forem desde cedo habituados a viver com estes.

Como cães de guarda são corajosos e protetores do seu território e família. No entanto, não são considerados animais naturalmente agressivos; ao invés, são animais seguros e determinados.

Descrição

Este é um cão de porte grande, cujo tamanho varia nos machos entre os 58 e 61 cm e nas fêmeas entre os 56 e 59cm. O seu peso oscila entre os 20 e 23Kg.

A sua pelagem é de comprimento moderado e possui uma textura rija, densa e de arame. As cores permitidas são o preto e o fogo, distribuídas da seguinte forma: um manto (ou selim) preto cobre o topo do pescoço até à cauda, sendo que as restantes partes do corpo possuem várias tonalidades fogo (mais escuro nas orelhas). São permitidos alguns fios brancos no ante peito.

O crânio é comprido e achatado, ligeiramente largo entre as orelhas e com um chanfro pouco saliente. Os olhos são pequenos, redondos e escuros e as orelhas são em forma de “V” e trazidas semi-caídas. O topo das orelhas estende-se sobre a linha crânio. O focinho é proporcional em relação à cabeça, desprovido de maçãs do rosto cheias e caracterizado por barba áspera.

O Airedale Terrier possui um porte atlético e musculado. O seu pescoço é moderadamente longo, firme e sem papadas, e o peito é amplo e profundo. O dorso é curto, recto e nivelado e os membros são robustos e dotados com uma boa estrutura óssea. Os pés são pequenos, redondos e a cauda de inserção alta é trazida empinada e pode ser ou não amputada.

Observações

Estes cães possuem uma esperança média de vida que pode alcançar os 15 anos de idade. No entanto, há que estar atento ao seu crescimento, bem como proporcionar-lhe o devido acompanhamento médico, uma vez que já foram registados na espécie as seguintes doenças: displasia da anca, hipotireoidismo e dermatites. As orelhas, os olhos e os dentes, devem ser ocasionalmente alvo de limpeza por parte do seu dono.

A manutenção sua pelagem é algo exigente, já que carece de ser escovada diariamente e tosquiada por um profissional, duas vezes por ano (na altura da muda de pêlo). A barba deve ser lavada diariamente para se manter limpa.

Estes cães adaptam-se bem à vida em apartamento, desde que lhe seja proporcionada a dose certa de exercício físico (entre 1 a 2 horas). O ideal é que tenham acesso a um quintal onde possam estar livremente, o que não exclui, obviamente, a prática diária de exercício físico.

 

Poodle

macho
24-02-2016
R$ 1,200.00



Login Facebook
Dúvidas, informações ou sugestões entre em contato pelo e-mail: bolsadefilhotes@webpeople.com.br
Desenvolvido por Web-People