Encontre Aqui o seu
Filhote


PARA CADASTRAR SEU
FILHOTE,BOTÃO ABAIXO.





Pumi

atividade :

inteligencia :

curiosidade :

vocalizacao :

afetuosidade :

cuidado com o pelo :

necessidade de exercicio :

sociavel com outos caes :

sociavel com criancas :


História

O Pumi é originário da Hungria e descende do cruzamento entre o Puli Húngaro e cães pastores franceses e alemães, no séc.XVII. Dizem que corre sangue de Terrier nas suas veias, mas não há certezas disso.

Foi utilizado não só para arrebanhar ovelhas, mas também para acompanhar o gado e caçar pequenos ruminantes. A raça desenvolveu-se naturalmente ao longo dos três séculos seguintes, orientada sempre para o trabalho, tal como o Puli, que ainda assim gozou de maior notoriedade.

No início do séc.XX,  esta raça começa a ser estudada e definidas as suas características pelo Dr Emil Raitsis, que criou o standard do seu  "Canis familiaris ovilis villosus terrarius" em 1935, mas só em 1966 é que a FCI oficialmente a diferencia e enobrece.

A década de 70 abre um novo período na história desta raça, que começa a ser exportada para a Finlândia e, mais tarde para Suíça, Holanda, Alemanha e Itália. Em 2004, esta raça foi reconhecida pelo Kennel Club americano e, no ano seguinte, foi fundado o Hungarian Pumi Club of America com o objectivo de proteger e promover esta raça no solo americano

Atualmente, o Pumi continua a ser relativamente raro, apesar de se ter adaptado bem à vida na cidade. No entanto, na sua terra natal ainda hoje é utilizado como cão pastor.

Temperamento 

O Pumi é um cão alegre, rápido e sagaz, que aprende com facilidade. É leal ao seu dono e lida bem com as crianças, apesar de ser necessário algum cuidado pois pode mordiscar. É um cão barulhento, que está sempre em alerta, sendo por isso um bom cão de guarda.

É por natureza um cão protector e não tolera muito bem a presença de estranhos. Se durante o seu crescimento for socializado e inserido no seio familiar este aspecto pode ser atenuado.

Descrição

Dotado com um estrutura quadrada, o Pumi mede na cernelha entre 33 e 44,5 cm e pode pesar até 13 Kg.

A sua pelagem é por muitos considerada rústica ou desgrenhada por ser ondulada e ter alguma tendência para ficar enriçada. Relativamente à cor, pode ser cinzenta (todos os tons são aceitos), preta ou castanha.

Os olhos e o focinho mal se vêm e as orelhas estão cobertas de pêlos densos de arame. A cabeça semelhante à do Terrier é longa, tal como o focinho e uma chanfradura nasal pouco saliente. Os olhos inseridos obliquamente, são médios, ovais e cor de café e as orelhas de inserção alta, tomam o formato de um “V” invertido. O corpo do Pumi é quadrado, dotado com um dorso e lombo curtos e membros fortes. As patas de gato conferem-lhe uma movimentação ligeira e veloz.

Observações

O Pumi tem uma esperança média de vida que pode alcançar os 13 anos e não apresenta nenhuma tendência para contrair determinadas doenças.

Relativamente à manutenção do seu pêlo, há que escovar o seu corpo ocasionalmente com uma escova comprida, sem esquecer o interior das orelhas.

A prática de exercício físico é também um aspecto importante. Caso este animal tenha a oportunidade de viver fora de casa (como seria o ideal), os jogos e as brincadeiras serão importantes na medida em que aproximam o dono do cão, situação que ele aprecia. Caso viva dentro de casa, o exercício é obrigatório já que estes animais precisam de estar ocupados.

Curiosidade: Pumi também é o nome de uma etnia chinesa que existe pelo menos desde o séc.IV a.C. Uma grande percentagem desta etnia vive na Província de Yunnan, normalmente em zonas montanhosas.

O contacto estabelecido com os Tibetanos, influenciou-os a nível religioso e cultural, pelo que respeitam a natureza e honram a sabedoria dos seus antepassados.

 

Poodle

macho
24-02-2016
R$ 1,200.00



Login Facebook
Dúvidas, informações ou sugestões entre em contato pelo e-mail: bolsadefilhotes@webpeople.com.br
Desenvolvido por Web-People