Encontre Aqui o seu
Filhote


PARA CADASTRAR SEU
FILHOTE,BOTÃO ABAIXO.





Terrier Brasileiro

atividade :

inteligencia :

curiosidade :

vocalizacao :

tamanho :

necessidade de exercicio :

funcao guarda :


História

O Terrier Brasileiro tem raízes europeias. Durante o século XX iniciou-se a prática que se tem vindo a prolongar durante este século de os jovens brasileiros frequentarem universidades europeias, regressando ao Brasil muitas vezes já com mulher e animal de estimação. Os animais de eleição eram os terriers, pensa-se sobretudo no Fox Terrier, que cruzados com os cães locais, deram origem ao Terrier Brasileiro.

Estes jovens regressaram no início para o campo, mas progressivamente foram ocupando as cidades e o Terrier Brasileiro foi evoluindo até à conformação que apresenta hoje.

A primeira tentativa de reconhecimento internacional desta raça ocorreu em 1964, mas devido ao baixo número de registo, tal não foi possível. Foram precisas ainda algumas décadas para que os brasileiros colocassem a segunda raça nacional no mapa, o que ocorreu em 2007.

Aparência Geral

O Terrier Brasileiro é um cão de porte médio. As fêmeas, mais baixas, têm entre 33 e 38 cm, enquanto os machos, mais altos, medem entre 35 e 40 cm. O Terrier Brasileiro não deve exceder os 10 kg.

Com uma boa proporção e corpo elegante, esta raça distingue-se da do Fox Terrier pelas claras linhas curvas que possui, ao contrário do Fox Terrier cujas linhas são quadradas.

A cabeça do Terrier Brasileiro é triangular, se vista de cima. De perfil, nota-se um stop pronunciado. O nariz é escuro com narinas largas. Os olhos estão bem afastados entre eles. São grandes e devem ser o mais escuros possível. A variedade azul, tem uma tonalidade azulada nos olhos, enquanto que a variedade castanha pode ter olhos castanhos, verdes ou azuis. As orelhas têm a forma triangular com pontas aguçadas. Não são aceitos cães com orelhas cortadas.

Firme, mas não com uma estrutura pesada, o peito é longo e profundo. As patas são musculosas, sobretudo as traseiras. A cauda tanto pode ser comprida como curta ou cortada.

Apele do Terrier Brasileiro não forma pregas e é seca. A pelagem é curta e fina.

A cor predominante é preto, branco e castanho ou com marcas azuis. Os exemplares devem ter marcas bronze por cima dos olhos, nas laterais do maxilar e no rebordo das orelhas. Estas marcas podem ser encontradas noutras zonas do corpo. A cabeça deve apresentar sempre preto e castanho ou azul.

Temperamento

O Terrier Brasileiro é um cão alerta, ativo e afetuoso.

O seu passado de caçador de presas pequenas, tornou-o um cão enérgico. Mas o Terrier Brasileiro é também usado como cão de alerta, por desconfiar de estranhos e ser bastante vocal.

Com a família é brincalhão e amigável. É uma boa companhia para quem gosta de observar os cães, pois o Terrier Brasileiro promete fazê-lo rir. Por não tolerar abusos, não é uma das raças mais recomendadas para conviver com crianças.

É contudo um cão independente que pode exigir um treino mais consistente. Independente e corajoso, não mostra medo perante cães de maior porte, ao ponto de ser o Terrier Brasileiro a provocar outros cães.

O Terrier Brasileiro é um cão que se adapta bem à vida de apartamento, sendo ativo dentro de casa. Contudo, sendo um cão ativo, deve ser passeado todos os dias, pelo menos uma vez por dia. Idealmente, deverá ter acesso a um pátio ou jardim.

Saúde e Higiene

O Terrier Brasileiro é cão robusto e bastante saudável.

O pêlo curto não exige muita manutenção, exceto uma escovagem semanal para remover o pó ou outra sujeira

 

Poodle

macho
24-02-2016
R$ 1,200.00



Login Facebook
Dúvidas, informações ou sugestões entre em contato pelo fale-conosco
Desenvolvido por Web-People