* Bolsa de Filhotes - Bem Vindo - Pointer

Encontre Aqui o seu
Filhote


PARA CADASTRAR SEU
FILHOTE,BOTÃO ABAIXO.





Pointer

atividade :

inteligencia :

curiosidade :

vocalizacao :

afetuosidade :

cuidado com o pelo :

tamanho :

beleza :


História

O Pointer é o resultado de uma multiplicidade de cruzamentos entre as mais diversas raças: o Braco italiano, o Bull terrier, o Foxhound, o Galgo, o Terra-Nova, o Setter e o Bulldog.

Cães deste tipo surgiram um pouco por toda a Europa, mas particularmente na Península Ibérica. O Pointer surgiu na Inglaterra por volta do século XVI e parece ter descendido dos pointers ibéricos.

O tipo moderno que conhecemos hoje existe há cerca de 80 anos. Desde sempre utilizado na caça, este cão possui um porte atlético e grande agilidade conseguindo percorrer longas distâncias em corrida. O nome Pointer advém do fato de, em atividade de caça, o cão parar e "apontar" com o focinho e olhos na direção da presa. Foi quase sempre utilizado com Greyhound, pois o Pointer não recolhe as presas, apenas dá a indicação da sua localização.

Mas o Pointer não foi sempre o grande caçador que conhecemos hoje. Em tempos não lhe era permitido sequer competir com o Setter. Hoje em dia, é considerado mais eficiente.

Como cão de companhia, o Pointer não é tão popular como os outros cães deste género.

Temperamento

O Pointer é um cão simpático, bastante apegado à família e gosta de partilhar a casa com os donos. Convivem bem com cães e outros animais. O Pointer não é um bom cão de guarda, pois qualquer estranho é bem-vindo no seu território, mas usam a voz para sinalizar qualquer pessoa, sendo um bom cão de alerta. Devem contudo ser bem socializados para evitar timidez.

É a sua docilidade e afeição que faz com que não sejam cães para estarem sozinhos durante longos períodos de tempo. A falta de atenção pode tornar o Pointer destrutivo.

Os exemplares de linhas de trabalho são demasiado ativos para serem acolhidos como animais de estimação. As linhas de exposição tendem a produzir melhores animais de companhia.

Mesmo assim, o Pointer é um cão bastante ativo e não são recomendado para quem viva em apartamentos. Necessita de exercício vigoroso pelo menos 2 horas por dia. Passeios e corridas são boas formas de exercício.

Descrição

É um cão de constituição ágil e atlética. Possui uma cabeça esbelta, onde se destaca o ocipital. O stop é bem definido. Visto de perfil possui um ar bastante peculiar pois tem um nariz arrebitado, dando a impressão que está sempre a farejar. A cor do nariz é consistente com a cor das malhas. As orelhas possuem um comprimento médio, sendo coladas à cabeça. Os olhos podem ser castanhos ou avelã, consoante a cor da pelagem. O pescoço é longo e inclinado para a frente, as espáduas descaídas e o corpo é todo ele adelgaçado. Os membros anteriores são verticais e sólidos. Os anteriores possuem coxas musculadas com os jarretes a descaírem ligeiramente. Os pés são ovais e fortes e as pontas dos dedos são arqueadas. A cauda continua a linha do dorso, balançando levemente durante a marcha do cão.

Tipo de Pêlo

Curto e fino. São admitidas as cores: branco e limão, branco e laranja, branco e preto e branco e fígado. Podem também ser aceites os unicolores e tricolores.

Saúde

O Pointer é um cão bastante resistente. entre os problemas que mais incidência estão a displasia da anca, cataratas e surdez.

Deve ser feita uma dieta de repouso nos meses em que não é utilizado para a caça para evitar que ganhe demasiado peso.

Higiene

A pelagem curta do Pointer não exige muita manutenção. Escovar uma vez por semana para remover a sujidade e os pêlos mortos é suficiente. O Pointer larga algum pêlo.

Verifique sempre as patas do cão após o exercício no campo.

Evite andar com o seu cao no sol forte

 

Poodle

macho
24-02-2016
R$ 1,200.00



Login Facebook
Dúvidas, informações ou sugestões entre em contato pelo fale-conosco
Desenvolvido por Web-People