Encontre Aqui o seu
Filhote


PARA CADASTRAR SEU
FILHOTE,BOTÃO ABAIXO.





Chow Chow

atividade :

inteligencia :

curiosidade :

vocalizacao :

afetuosidade :

cuidado com o pelo :

funcao guarda :

sociavel com criancas :

companheiro :


História

O Chow Chow pertence a uma linhagem ancestral que se pensa se herdeira de mais de 2000 anos de história. A narrativa do seu passado é por isso muitas vezes assaltado pelas dúvidas e pela falta de dados concretos. Sabe-se, no entanto, que a olaria e escultura da Dinastia de Han (206 a.C a 22 d.C) é representativa destes originais cães de língua preta.

Outra teoria, porém, remete as suas origens para um passado ainda mais distante, apontado a sua origem para o Círculo Ártico, de onde posteriormente emigrou para a Mongólia e Sibéria. Nestas regiões desenvolveu a sua pelagem resistente ao frio e foram cobiçados pela sua carne e pelo seu pêlo, utilizado no vestuário. Alguns autores pensam que algumas raças mundialmente famosas como o Samoyedo Norwegian Elkhound, the Keeshound, descendem deste cão.

Ao longo dos séculos, a sua popularidade foi crescendo timidamente, já que durante muito tempo o prestígio do Pequinês, Lhasas e Shih-Tzu (os chamados “Cães Reais da China) lhe vedaram o acesso ao estrelato. Foram, no entanto, utilizados pelos imperadores na caça, onde desempenhavam a função de retrieving e caçavam lobos. Foram ainda utilizados como cães de guarda e puxadores de carroças.

Em 1760, é importado, por um jardim zoológico, o primeiro Chow Chow para a Grã-Bretanha. O “Wild Dog of China”, conforme era chamado pelo zoo, tornou-se bastante popular quando a Rainha Vitória se interessou pela estirpe.

O primeiro clube da raça viria a formar-se neste país, em 1890, tendo-se exportado o primeiro exemplar para os EUA pouco depois. Aí revelou-se um participante ativo das exposições do género, o que lhe valeu, em 1903, o reconhecimento do Kennel Club americano. Em 1912, foi registado pelo Kennel Club do Canadá.

No séc. XX, a sua popularidade atingiu uma dimensão considerável, em parte devido á sua aparência original, normalmente associada à imagem do leão ou do urso. Foi adquirido por personalidades famosas tais como Sigmond Freud e pelo Presidente Calvin Cloolidge.

Atualmente, esta estirpe goza de um cómodo prestígio e é um participante regular nas mais importantes exposições e competições do mundo da Canicultura.

Temperamento

O Chow Chow possui uma personalidade que alguns autores comparam com a do gato, outros porém, alertam que a raça nem sempre é bem compreendida, o que originou mitos infundados. Sabe-se que é um cão independente, reservado nas suas emoções, silencioso e calmo.

É um bom cão de guarda que protege o seu dono e território com empenho. Na sua relação com estranhos demonstra ser cauteloso e, se não for socializado enquanto pequeno, esta característica pode-se agravar. Na verdade não é um animal que necessite da atenção de toda a gente, tornando-se por isso um pouco indiferente à sua presença.

É aconselhável, que sejam habituados desde pequenos a conviver com todos o tipo de pessoas e animais. São animais mais sensíveis do que o seu aspecto de urso deixa aparentar e, caso sejam submetidos a treino ou educação, este deve ser meigo, mas firme. No seio familiar, ele elege um dos membros para seu dono, demonstrando ser realmente afetuoso e leal.

Descrição

O Chow Chow é um cão de porte médio, cuja altura nas espádua varia nos machos entre os 48 e os 56 cm e nas fêmeas entre os 46 e os 51 cm. O seu peso oscila entre os 20 e os 32 Kg.

A sua pelagem é de tamanho longo e apresenta-se muito abundante e densa, formando um colar acentuado em torno do pescoço e cabeça. As cores permitidas são o vermelho, preto, azul, gamo e creme. Na face posterior das coxas e na cauda a cor é, normalmente, mais clara.

A cabeça é larga e achatada e o chanfro pouco saliente. O focinho é largo mas de comprimento moderado e o nariz apresenta-se largo em toda a sua extensão. A língua é preta, característica que partilha com alguns ursos pequenos. Os olhos amendoado são escuros e bem delineados e as orelhas cobertas de pêlo são pequenas, arredondadas nas pontas, trazidas erectas. O pescoço é comprido e bem arqueado, mergulhando num peito volumoso e largo.

O seu corpo é compacto e a sua presença imponente e segura. O dorso é curto e nivelado e as costelas são ligeiramente arqueadas. Os membros são musculados e dotados com uma forte estrutura óssea. Os pés de gato são arredondados e a cauda de inserção alta é mantida enrolada sobre o dorso.

Saúde e Higiene

A esperança média de vida desta raça oscila entre os 9 e os 15 anos de idade e não apresenta especial propensão a doenças geneticamente transmissíveis. Existem, no entanto, alguns registos de displasia da anca.

Deve ser escovado desde pequeno duas a três vezes por semana, por forma a que se habitue a este ritual. É indicado que se utilize uma escova de arame. Este não é o animal mais indicado para quem sofre de alergias, uma vez que a sua pelagem cai com alguma intensidade.

Os Chow Chow devem praticar exercício físico diariamente (aproximadamente 40 minutos por dia) mas fora das horas mais quentes do dia. Na verdade, estes cães dão-se melhor em climas frios, pelo que o ideal é que no Verão possam desfrutar de algumas sombras, caso vivam no exterior. A exposição solar pode ainda ser prejudicial para a sua pele que é relativamente sensível.

Curiosidade: Uma antiga fábula explica-nos que, quando Deus estava a pintar o céu de azul, algumas gotas de tinta caíram do seu cenário, gotas essas que o Chow Chow lambeu, o que tingiu a sua língua para sempre.

 

Poodle

macho
24-02-2016
R$ 1,200.00



Login Facebook
Dúvidas, informações ou sugestões entre em contato pelo e-mail: bolsadefilhotes@webpeople.com.br
Desenvolvido por Web-People